Enabling today.
Inspiring tomorrow.

 Configurações complexas e informações de IRQ para processadores AMD

À medida que a configuração de seu computador se torna mais complicada e/ou sofisticada, pode ficar difícil de configurar e executar corretamente. Esse problema costuma ser causado por conflitos de IRQ. IRQs (Interrupt ReQuest) são sinais exclusivos que permitem que as placas ou componentes se comuniquem com o sistema. Muitas placas de acessórios atuais ainda exigem um IRQ dedicado para seu uso específico. Há cerca de quinze anos, quando a arquitetura do IBM PC-AT com o barramento de 16 bits foi definida pela primeira vez, pensava-se que um total de quinze IRQs utilizáveis fosse suficiente para as necessidades de um sistema. É duvidoso que alguém naquela época esperasse que esses sistemas aumentassem seu nível de complexidade como fizeram. (Para ter uma compreensão mais completa dos IRQs e do que significam, leia a explicação "O que é um IRQ?", próximo ao final desta seção.)

Recomendação: use placas atuais e sequências apropriadas de instalação

Na maior parte dos casos, as dificuldades na configuração do sistema podem ser evitadas usando-se placas (PCI) atuais que permitam o compartilhamento do IRQ. A sequência correta de instalação das placas também pode ajudar. Com frequência, alterar a sequência de instalação ajuda porque muitas dessas placas podem usar apenas um entre vários valores de IRQ predefinidos (específicos a cada placa). Usando a sequência correta, com frequência o sistema também pode instalar as placas de maneira a manter o IRQ apropriado disponível para a próxima placa, o que elimina conflitos de IRQ que ocorrem quando duas placas tentam usar o mesmo IRQ.

A seguir, apresentamos a sequência que nosso laboratório de testes constatou que funciona para os exemplos de configuração de sistema relacionados a seguir (esta sequência é muito dependente da placa/versão de BIOS).

Sequência de instalação de componentes de fabricantes terceirizados

Para placas-mãe BCM e Microstar que usam o Award BIOS W6167MS v1.1b9 082299 5:0052

Placa-mãe Microstar

​Placa-mãe BCM
​Um slot AGP​Um slot AGP
Seis slots de placa utilizáveis, que consistem em:​Seis slots de placa utilizáveis, que consistem em:
Cinco slots PCI, (um compartilhado)​Quatro slots PCI, (um compartilhado)
​Dois slots ISA, (um compartilhado)​Três slots ISA, (um compartilhado)

 

Requisitos de CMOS/PnP

O sistema operacional PnP é "HABILITADO" para Windows® 95 e Windows 98
O sistema operacional PnP é "DESABILITADO" para Windows NT®

Primeira inicialização do sistema

O sistema operacional (Windows 95/98 ou Windows NT) deve ser carregado com a placa gráfica instalada na placa-mãe (a AMD recomenda usar uma placa gráfica AGP). Você deve configurar seu sistema apenas com placa gráfica (normalmente AGP, mas pode ser PCI), RAM e unidades de armazenamento (FD, HD, ATAPI CD-ROM ou DVD para possibilitar a inicialização mais fácil com uma probabilidade menor de conflitos no sistema. (Se você estiver usando unidades SCSI, a placa PCI SCSI também deve ser instalada.)

Obs.: se várias placas que não forem essenciais (dispositivos) estiverem incluídas na carga inicial do sistema operacional além da placa gráfica, a probabilidade de conflitos do sistema será maior.

Instalando componentes adicionais após a inicialização do sistema

Depois que o sistema básico tiver sido configurado (e seu sistema operacional tiver sido carregado com sucesso), você deve adicionar cada componente adicional, um de cada vez, na ordem listada abaixo. Isso exigirá que você instale cada placa, configure o BIOS e reinicie o computador cada vez que instalar uma nova placa.

Após a instalação de cada componente no computador, recomenda-se anotar a configuração do IRQ da tela de abertura (a tela exibida momentaneamente quando o sistema é iniciado). Para congelar essa tela para poder lê-la, pressione a tecla Pause Break (localizada na parte superior do teclado) assim que vir a tela que lista o uso do IRQ.

Obs.: podem ser necessárias mais de uma tentativa de pressionar o botão no momento exato. Ou você pode inspecionar as configurações do IRQ encontradas no Painel de controle do Windows 95/98, em Sistema e depois, Gerenciador de dispositivos. Anote sempre as configurações do IRQ e os dispositivos aos quais estão atribuídas toda vez que instalar um novo dispositivo ou componente que exija um endereço IRQ. Essas informações podem ser usadas para ajudar a solucionar conflitos do sistema ou panes resultantes de um conflito de IRQ.

Após a instalação bem-sucedida de um componente da lista, será preciso sair, desligar o sistema e desconectá-lo antes da instalação do próximo componente.

Obs.: caso não planeje usar um dos dispositivos relacionados a seguir, basta pular para o próximo dispositivo na sequência de instalação. Em geral, componentes baseados em ISA são menos flexíveis e, portanto, se for preciso usar algum componente baseado em ISA, pode ser uma boa ideia instalá-lo primeiro. A sequência a seguir é apenas uma orientação sugerida a ser seguida.

Sequência de carregamento recomendada de placas adicionais

  1. Modem interno (PCI)
  2. Placa de som (PCI ou ISA)
  3. Placa de rede, também conhecida como NIC (PCI ou ISA)
  4. Dispositivos de DVD que exijam placa de decodificador Dxr3 (PCI) - Obs.: algumas placas decodificadoras de vídeo exigem 2 (dois) IRQs para sua funcionalidade completa. Verifique com o fabricante de sua placa decodificadora de vídeo quanto ao suporte e aos requisitos do decodificador de vídeo.
  5. Adaptador SCSI (PCI) (Pressupõe-se que o sistema não tenha uma unidade de disco rígido SCSI.)
  6. Quaisquer outros

 

Observações especiais ao instalar

Modem externo: pode ser instalado a qualquer momento depois que o sistema operacional tiver sido instalado com sucesso. Inclui modems v.90 comuns, bem como modems ISDN.

Placas Diamond Monster 3D Voodoo I ou Voodoo II: visto que essas placas não exigem um endereço IRQ, recomenda-se que sejam instaladas após a instalação bem-sucedida do sistema operacional. Elas não exigem um slot PCI.

Outras placas de componentes de terceiros: muitas outras placas de componentes de outros fabricantes podem exigir um IRQ. Certifique-se de verificar com o fabricante do seu produto para informar-se sobre os requisitos exatos de instalação antes de tentar instalá-lo em seu sistema de computador. Recomenda-se que essas placas de componentes sejam instaladas depois que todas as outras placas principais estejam instaladas, caso você tenha endereços IRQ disponíveis.

Ao instalar o próximo dispositivo no computador, talvez você enfrente um conflito do sistema. Você precisará alterar a sequência de instalação de diversos componentes (ou seja, o que vem primeiro, segundo, terceiro, etc.).

Conflitos de IRQ durante a instalação e a configuração

Seria ideal contar com um sistema com um número ilimitado de slots e endereços IRQ. Infelizmente, a maneira como os sistemas de PC foram projetados muitos anos atrás hoje causa limitações.

Quando os conceitos básicos de design da arquitetura de PCs foram definidos, havia um número específico de slots permitidos e um número limitado de IRQs. Com o número limitado de IRQs disponível nos sistemas de hoje, se você estiver usando placas do estilo antigo, que não permitem o compartilhamento de IRQ, talvez não consiga instalar todos os dispositivos que deseja usando componentes baseados em PCI sem enfrentar um conflito no sistema. Pode ser uma boa ideia usar componentes baseados em ISA, bem como um modem externo, para otimizar o uso de IRQs atribuídos com placas ou componentes que exijam um IRQ dedicado.

Você deve investigar cuidadosamente e escolher os tipos de dispositivos que exijam um IRQ dedicado para seu sistema. Quanto mais dispositivos você deseja instalar, mais difícil será encontrar um IRQ disponível que o dispositivo possa usar ou seja capaz de usar. Isso se torna um desafio ainda maior para dispositivos que exigem dois endereços IRQ (placas de som específicas, dispositivos de DVD, etc.).

Táticas para superar conflitos de IRQ

Embora o procedimento descrito acima tenha funcionado em um ambiente de laboratório de teste, talvez você precise experimentar para determinar a melhor sequência e o método de configurar seus dispositivos de modo que o computador funcione corretamente. Verifique a documentação do fabricante de cada componente usado e relacione os IRQs com que cada um é compatível. Relacione todos os IRQs e determine o caminho que permite que os dispositivos usem os IRQs disponíveis. Para instalar todos os dispositivos que você deseja usar, talvez seja necessário trocar algum de seus dispositivos por outro tipo (isto é, mudar de uma placa de som PCI para uma placa de som ISA ou vice-versa) para chegar a uma configuração adequada. Verifique com o fabricante para determinar se existe uma versão atualizada da placa. Às vezes, uma versão mais nova ou uma marca diferente do componente pode resolver o problema. Os sistemas não podem funcionar corretamente se o número de placas e/ou dispositivos instalados exigir mais IRQs do que há disponíveis de fato no computador.

O que é um IRQ?

A maneira mais fácil de explicar um IRQ é pensar nele como um identificador exclusivo. O processo de IRQ se assemelha a um leilão. A CPU é o leiloeiro e os periféricos são os licitantes. Cada licitante tem uma bandeira ou sinalizador para chamar a atenção do leiloeiro. Se mais de um licitante tiver a mesma bandeira, existe caos. Quase todos os componentes principais, como placa gráficas, placa de som, modem, etc., requerem pelo menos um IRQ, independentemente de serem placas ou estarem integrados à placa do sistema. Muitos dispositivos antigos exigem seu próprio IRQ exclusivo (sua bandeira exclusiva) com respeito a todos os outros dispositivos. Placas mais novas podem, com frequência, compartilhar IRQs, mas as placas mais antigas geralmente não podem compartilhar umas com as outras porque tratam o IRQ como seu próprio. Quando dois desses dispositivos mais antigos tentam usar o mesmo IRQ, um ou mais dos dispositivos não funcionam corretamente. Isso é chamado conflito de IRQ. Esses conflitos podem causar um desempenho inadequado, travamentos do sistema e panes.

A maioria dos componentes mais novos, no entanto pode compartilhar um IRQ. Compartilhar um IRQ é a maneira moderna de permitir que mais placas sejam adicionadas a um sistema. Observe que alguns componentes (como placas de vídeo) não podem compartilhar IRQs. Isso acontece porque o IRQ da placa de vídeo é, normalmente, 10, 11 ou 12. Estes são de baixa prioridade e podem ser atrasados (ou perdidos) devido a solicitações de prioridade mais alta. Isso pode causar efeitos visuais indesejados. Placas em total conformidade com a intenção do padrão PCI Plug-n-Play permitem o compartilhamento de IRQ.

Atribuições típicas de IRQ

Existem 16 IRQs (15 utilizáveis) em um sistema de computador. Esta é uma atribuição típica desses IRQs:

IRQ 0 Sistema- Timer do sistema
IRQ 1 Sistema- Teclado
IRQ 2 Sistema- PIC em cascata (controlador de interrupção programável), controla IRQ 8-15
IRQ 3 Sistema- Porta serial (COM2 e COM4)
IRQ 4 Sistema - Porta serial (COM1 e COM3)
IRQ 5 Disponível- Uso de adaptador geral
IRQ 6 Sistema- Controlador de disquete
IRQ 7 Sistema- Impressora 1
IRQ 8 Sistema- Clock CMOS de tempo real
IRQ 9 Disponível- Uso de adaptador geral
IRQ 10 Disponível- Uso de adaptador geral
IRQ 11 Disponível- Uso de adaptador geral
IRQ 12 Sistema- Porta de mouse
IRQ 13 Sistema- Coprocessador matemático (embora integrado à CPU, ainda assim usa um IRQ)
IRQ 14 Sistema- Controlador de disco rígido
IRQ 15 Disponível- Uso de adaptador geral

Como você pode ver, há 5 (cinco) IRQs que não são atribuídos pelo design do sistema. Entre eles, um normalmente vai para a placa gráfica, um para as portas USB e um para o modem. Isso deixa 2 (dois) IRQs disponíveis para todo o resto. Com cuidado (e uso das placas corretas), isso costuma ser suficiente

A AMD não faz declarações nem dá garantias com respeito a qualquer informação fornecida neste documento da Web relacionada aos produtos de outras empresas e isenta-se expressamente de quaisquer garantias implícitas de comercialização, adequação a uma finalidade específica, não violação ou garantias de negociação em curso ou prática comercial com respeito a tais produtos. Além disso, a inclusão de tais informações não constitui um aval ou certificação do produto pela AMD.

Visite a página Integração de sistema e compatibilidade para obter documentos disponíveis com orientações para a configuração de uma plataforma estável baseada em processadores AMD.

Notas de rodapé